domingo, 31 de julho de 2011

Preguiça de domingo

Eita chuva! Deu muita preguiça hoje e nem consegui terminar a parte 1 da organização do meu quarto. Bateu aquela preguiça de final de férias da universidade e de domingo à tarde. Amanhã começa tudo. As aulas de inglês (Oh God! I don't remember!) e as aulas da universidade. O bom que nesta terça não terei aula (porque adiantamos algumas aulas nas férias com a organização da passarela da dança no Festival de Dança). Vou aproveitar para me dedicar mais ao meu TCC.
Então, esta semana só terei aula mesmo na segunda. Tenho que procurar a professora de TCE, falando nisso. Acabei não conseguindo entregar meu TCE antes das férias de julho. Mas tudo bem. Vamos tentar novamente. Ele já está pronto, só quero saber se está ok.
Ah! Sexta-feira, o Rafa e eu fizemos 2 meses que estamos juntos. E para comemorarmos, vimos Sherek para sempre na casa dele. Gosto muito desse filme. Na minha opinião é um dos melhores dos 4 filmes do Sherek. Levei emprestado pro Rafa o livro um das crônicas de gelo e fogo para ele ler, porque não vou lê-lo tão cedo. Andei comprando muitos livros, daí vou ler outros primeiro, fora que preciso ler mais para o meu TCC e minha carreira profissional. Além de trabalhar em meu TCC. Apesar de que boa parte da fundamentação teórica está pronta. Só tenho que arrumar melhor a parte sobre estética que ficou uma merdinha, porque foi o último assunto que escrevi e já estava de saco cheio de ler e escrever, o tico e o teco já não estavam mais se encontrando.
Bom, vou continuar a ler o livro Princesa para sempre e ver se corrijo mais algumas coisas do meu TCC. E comer banana amassada com aveia (huuum! A-DO-RO isso! sei, sou esquisita mesmo, não precisa comentar).

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Organização - parte 1

Obaaaa! Hoje é sexta-feira. Estava louca para que chegasse a sexta, porque quero começar a organizar meu quarto. O planejamento está pronto. Agora, é só colocar em prática.
Esta semana eu estava cheia de atividades. De segunda a quinta estava fazendo o curso Controles Financeiros do Programa Varejo Fácil - SEBRAE. Terminei-o. Na terça a quinta à tarde estava lá na feira da sapatilha ajudando no backstage da passarela da dança. Foi legal! Terça e quarta foram corridos, na quinta foi bem mais tranquilo.
Bom, como esqueci de trazer dinheiro para ir na Depil House me depilar, vou direto pra casa (e vou ver com meu pai se ele pode me levar amanhã de manhã para me depilar) começar a minha organização do meu quarto. Separei-o em partes. A primeira parte (que irei começar hoje à tarde) serão cômoda - 2ª e 3ª gavetas (materiais papelaria, CDs, maquiagem, nécessaires e remédios); escrivaninha - gaveta (materiais papelaria); armário - lado 1: 1ª e 2ª gaveta (roupas íntimas e pijamas), lado 2: prateleira mediana (bolsas, colchas, pastas A3). Programei para fazer a parte 1 hoje à tarde, um pouquinho amanhã e domingo. Se eu terminar antes já começo a próxima parte.
Nada como se organizar para dar mais ânimo a nossa vida. Fora que estou aproveitando para jogar um monte de coisa fora ou doando para alguém que precise. Ou seja, faz bem para meu quarto, para minha autoestima, facilita minha vida (dando mais praticidade no dia-a-dia) e de quebra ajudo alguém que está necessitando de roupa ou coisa assim (fazendo um bem também para minha alma, não só na parte da caridade, mas também livrando-a de entulhos, dando uma renovada, uma circulada). Sempre é bom fazer essas organizações umas 3 vezes por ano, uma no início de dezembro, em fevereiro e outra em julho.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Poema

Ah, se eu conseguisse
de Carina Freitas da Rosa

Ah, se eu conseguisse falar!
Diria tanta coisa,
tantas verdades minhas,
que escondo por não dizer.
Mas as palavras ficam
presas na garganta.
Teimosas, não saem.
Acostumadas ao calor,
não querem enfrentar o frio
do mundo exterior.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

How Can I Go On

Nesta quarta-feira, deixo vocês com uma música muito linda na voz do Freddie Mercury que é encantadora.

How Can I Go On - Freddie Mercury

How can I go on ?
How can I go on this way...

When all the salt is taken from the sea
I stand dethroned
I'm naked and I bleed
But when your finger points so savagely
Is anybody there to believe in me ?
To hear my plea and take care of me ?

How can I go on
From day to day
Who can make me strong in every way
Where can I be safe
Where can I belong
In this great big world of sadness
How can I forget
Those beautiful dreams that we shared
They're lost and they're no where to be found
How can I go on ?

Sometimes I start to tremble in the dark
I cannot see
When people frighten me
I try to hide myself so far from the crowd
Is anybody there to comfort me
Lord...take care of me

How can I go on
From day to day
Who can make me strong in every way
Where can I be safe
Where can I belong
In this great big world of sadness
How can I forget
Those beautiful dreams that we shared
They're lost and they're no where to be found

How can I go on ?

Fonte: Vagalume

terça-feira, 26 de julho de 2011

Novidades de dois dias especiais

Ontem foi um dia especial. Quero dizer, não que tenha acontecido coisas especiais, mas é que ontem foi meu desaniversário. Fiz 20 anos e 10 meses. Daqui a dois meses vou fazer 21 aninhos! Vou completar a maior idade. Hahahaha. Quando minha mãe casou ela tinha 19 anos e ela teve que pegar a autorização dos meus avós pra casar, porque ela não era de maior. Sendo que minha mãe e eu temos exatamente 19 anos de diferença. Então, não faz muito tempo que as pessoas se tornam de maior idade com seus 18 aninhos.


Hoje também é um dia especial, porque hoje é o dia da vovó. Parabéns pra minha avó e pra todas as avós do mundo.



Minha avó não tem cabelo branco. Ela pinta e não se parece muito com velhinhas. A diferença entre a minha ideia de vó e a ideia da minha mãe de vó é bem grande. Antigamente as avós eram mais velhinhas, não pintavam o cabelo, não faziam ginastica e aos 70 anos já estavam mais paradas, fazendo coisas mais sentadas como fazer bordados, tricôs, pinturas, crochês... Coisas desse tipo. Hoje em dia já é um pouco diferente. Algumas fazem essas coisas e muito mais. E estão parecendo mais jovens do que as senhoras de antigamente. Salvo algumas poucas pessoas que envelhecem antes, por causa das marcas da vida. Marcas de uma vida sofrida.
Mudando de assunto... Ontem comprei 4 livros pela internet. Tudo bem. Já tenho uma porrada de livros na estante que ainda nem consegui ler. Mas é que... Bom, talvez eu seja viciada em comprar livros. Pelo menos é uma coisa boa. Livros é sempre bom. Domingo comprei um livro na livraria, chamado "Mulheres inteligentes, relações saudáveis" do autor Augusto Cury. Espero que seja bom, apesar que os livros que li dele, já me encantaram profundamente, e atualmente estou lendo o livro "Nunca desista de seus sonhos" dele, a qual peguei emprestado dos meus avós, que está sendo muito bom. Um estímulo para continuar a lutar pelos meus sonhos. Os livros que comprei pela internet, são: Princesa para Sempre, da Meg Cabot (o último livro da série O diário da Princesa, e como eu comecei a ler, tenho todos os outros livros, seria lógico eu terminar de lê-lo, não é mesmo? Mesmo sendo bobinho, romance água com açúcar. Entretanto é tão bom ler esses romances, é BEM desestressante e dá pra dar boas gargalhadas. Fora que quem não está acostumada a ler, é uma ótima pedida pra comer, apesar de que tem outras autoras como Sarah Mason e Marian Keyes, que são romances água com açúcas mais adultos); Sobre histórias de fadas, do J.R.R. Tolkien (li a sinopse do livro e achei bem interessante, tomara que seja bom mesmo. O título também me atraío. Adoro fadas e coisas relacionadas, um dos meus filmes favoritos é o da Tinker Bell. Sei que é infantil, mas acho tão fofo e passa virtudes e qualidades que eu preso bastante); A Guerra dos Tronos - As Crônicas de Gelo e Fogo - Vol. 1, do George R.R. Martin (porque todos estão falando muito bem dele e eu consegui uma boa promoção! Espero que seja bom); A Fúria Dos Reis - As Crônicas de Gelo e Fogo - Vol. 2, do George R.R. Martin (como comprei o volume 1, aproveitei pra comprar o 2 também, porque também estava em promoção, não tão boa quanto o primeiro volume, mas se os livros forem bons mesmo vai valer a pena). E esses foram os quatro livros que eu comprei via internet. Agora só esperá-los chegarem.
Hoje vou para a Feira da Sapatilha do Festival de Dança para cuidar do backstage do Desfile dos expositores da feira. Tomara que seja divertido. Na sexta eu conto como foi os três dias de desfile (hoje, amanhã e quinta). No mais, é isso.

sábado, 23 de julho de 2011

230 postagens

"A year from now you will wish you had started today" - Karen Lamb via Making Things Happen. Esta frase estava no blog da minha colega Juliane, blog april84. E como ela, comecei a pensar e a refletir sobre ela. Continuando a ler seu blog, a primeira coisa que ela coloca é:

"Quando eu vi a mensagem acima não pude deixar de salvar, reblogar, pensar… foi tão forte que fiquei vários dias olhando e pensando nela. Quantas vezes deixamos as coisas para amanhã? Começa com a louça empilhada na pia, papéis que se acumulam em gavetas, a reeducação alimentar sempre adiada para a segunda-feira, uma conversa sincera que não acontece… e termina muitas vezes com sonhos e projetos que são deixados para depois, para quando der 'um tempinho', que não chega é nunca!"
Juliane Pereira, blog april84.

Muitos papéis acumulados nas gavetas, a reeducação alimentar sempre fica pra um outro dia, conversas sinceras nunca acontecem (só ficam na minha imaginação), muitos sonhos e projetos são deixados pra depois e o depois nunca chega, principalmente porque vivemos nos reinventando. Uma hora sonhamos com uma coisa, logo mais sonhamos com outra. Bom, eu pelo menos sou assim. Vivo sonhando e não concretizando. Mas agora já estou começando a definir minhas metas e sonhos palpáveis, como casar e ter filhos. E já estou definindo melhor meu futuro profissional. É bom definir metas para ele, porque senão vou me sentir muito perdida depois, principalmente que a faculdade está acabando e aquele sentimento de "ai, meu Deus o que faço agora" vai batendo. Até que estou conseguindo organizar a minha vida. E olha que pensei que nunca fosse conseguir. Ah! Mas como dizem: "nunca diga nunca". Eu só preciso ter calma e paciência. Não me desesperar porque o tempo está passando e parece que ainda eu não tenho nada. Também, só estou no começo da minha vida. Mas é assim que o mundo funciona hoje em dia. As pessoas sempre te dizendo de forma subliminar que estamos sempre perdendo nosso tempo. E é isso que essa frase "não deixa pra amanhã o que pode ser feito hoje" significa pra mim. Pressão! Nada mais que pressão. Pressão para nos matarmos de tanto fazer atividades num único dia. Ah! Para! Não dá pra querer abraçar o mundo num único dia. Os dias só possuem 24h. E nessas 24h você tem que se alimentar, dormir, fazer suas higiene pessoais, trabalhar, se divertir, curtir uns momentos com a família, talvez até mesmo com os amigos e/ou namorado(a). Mas também não é pra dar bobeira e ficar só dormindo (uups... foi isso que eu fiz na quinta, bom, esta é outra história, porque eu estava desperdiçando minha energia com uma pessoa que não merece, tenho que me concentrar e parar de fazer isso). Vai a luta também! Eu sei que, às vezes, é difícil, mas também sei que colocamos obstáculos onde não tem.
Agora, vamos para minha lista de prioridades materiais como disse ontem que faria hoje. Fiz um painel ilustrativo e por ordem de prioridade.


01 - Lenços. Eu amo usar acessórios, principalmente no inverno e não tenho nenhum lenço. Estou louca pra comprar um ou uns em xadrez. Também deveria ter posto aí uns chapéus e luvas mais femininas que também gostaria de ter, além de uns sapatos de salto que estou louca para ter, mas não encontro meu número. Claro, pezinho de Cinderela, quero o quê?
02 - Máquina fotográfica digital. E de preferência que seja a bateria, porque eu tenho uma a pilha, mas (pelo amor de Deus!) consome pilha que é uma beleza e minhas pilhas recarregáveis já não recarregam mais. Tristeza! E eu gosto de tirar fotos, e cada vez que eu ando por aí, pela minha cidade quero tirar fotos de coisas inusitadas e não posso, porque não estou com uma camera na bolsa.
03 - Tablet. Eu quero desenhar sem precisar ficar gastando papel. Que coisa menos ecológica! Fora que depois que eu desenho no papel não tenho coragem de jogar fora o desenho. Talvez fosse melhor comprar uma impresso multifuncional (que tenha copiadora!), mas quero uma tablet. Assim já economizo o papel.
04 - Carro. Sim! Quero muito, mas como é muito mais caro do que eu posso pagar, fica em quarto lugar da minha lista de prioridades materiais. E eu quero um Chevy QQ ou um Ford Ka 2009 ou um Renault Clio ret. De preferência com direção hidraulica, ar condicionado e airbag. Só isso que eu preciso! Nem som eu preciso, aprecio o silêncio e tenho meu mp3 que pode fazer o serviço e se tiver uma carona, podemos ficar conversando ao invés de escutar música (hahahaha!). Tudo bem, pode ter um sonzinho também. Claro, que meu sonho de consumo é o Sandero modelo esportivo da Renault, porém está muito além das minhas possibilidades financeiras no momento próximo. Mas quem sabe um dia eu consiga comprar um pra mim.
05 - Casa. Pode ser um apartamento também, mas agora que estou morando numa casa, não quero mais voltar a morar em apartamento. É tão boooom morar numa casa! A casa na imagem é a sede do Banco Itaú Personalité em Joinville - SC e foi um dos prédios recuperados pelo Patrimônio Cultural dos Imóveis, e uma das construções mais bonitas da cidade. Queria poder morar nela, mas talvez seja impossível. Mas queria poder morrar numa casa parecida. Num estilo antigo. E desde que não esteja podre por dentro. Só se eu for muito rica para fazer uma BIG reforma.

É bom eu trabalhar bastante, economizar bastante e ganhar bastante pra poder ter uma diarista pra me ajudar a limpar a casa, porque eu morro de preguiça de fazer isso. Meu quarto, coitado, só vê o aspirador de pó a cada 15 dias ou uma vez por mês. Mas pelo menos tento mantê-lo organizado. Noossa! Nunca vi eu conseguir juntar tanta coisa no meu quarto que é microscópico. Já joguei sacos e sacos de lixo reciclado fora. Que coisa, né? Como conseguimos juntar lixo, porcaria, coisas inúteis.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Sexta-feira: dia de subir a balança

Hoje foi um dia de gula. À tarde, comi um pastel sabor pizza, um pacotinho de bib's branco (que fazia tempo que eu não comia, mas como estava com desejo de comer chocolate, outra coisa que fazia tempo que eu não sentia mais, fui lá comprar, entretanto no final das contas meu pai acabou pagando pra mim, eu ia pagar, porém ele disse que não precisava que ele pagava). Mais tarde em casa, meu pai fez uma panelada de pipoca, que ele dividiu em dois potes, um pra mim e outro pra ele. Huuuuum! Adoro pipoca!
Meeeeu! Desse jeito vou ficar gordinha! Ou pelo menos recupero os 3kg que emagreci (e não estou conseguindo recuperar) desde o ano passado. Bom, pelo menos todo mundo sabe que comendo eu estou. Então, não é por falta de comida que eu não estou engordando. Ainda bem que parei de emagrecer. Fiquei neste peso, que é exatamente o dobro do peso de um amigo meu. Hilário!
Mais hilário ainda é que enquanto alguns querem perder peso, outras (como eu) querem ganhar. Na verdade, na verdade... Eu não quero nem ganhar e nem perder. Estou feliz com o peso que tenho e isso me basta. Apesar da inveja alheia. Eu tenho meus segredinhos para manter meu corpitiu... Hahahaha! Brincadeira, eu apenas tenho um SUPER metabolismo. Pois eu fiz um teste pra ver como é meu metabolismo, se é devagar, médio ou rápido. E meu metabolismo deu rápido. Penso que é genético, pois desconfio que do meu pai também é rápido, porque ele come, come, come e não engorda. E filha de peixe, peixinha é, né?
Meeeeeeu! Ontem dei uma de ursa. Só dormi. Tirando é claro as horas em que estava no estágio e indo pra casa de ônibus que demora uma hora pra mim chegar em casa. O resto do tempo só dormi. Então, pensando por esse lado, se ontem eu só dormi, hoje eu só comi. Está em equilíbrio. Hahahaha... Quanta besteira! Às vezes, fico impressionada comigo mesma. Se bem que a vida não teria graça se eu não pensasse besteiras de vez em quando.
Hoje estava lendo novamente algumas coisas do blog Vida Organizada. Às vezes, bate-me um desanimo, parece que nunca vou conseguir organizar nada. Mas depois começo a pensar. Fala sério! Olha quanta coisa eu já consegui organizar! Claro que nem sempre sai como planejado, mas nada como um joguinho de cintura não resolva os probleminhas e obstáculos que surgem pela frente, não é mesmo? E o que seria da vida sem os obstáculos e as pedras no caminho? Uma chatices, né?
Meeeeeu (eu tenho que parar de dizer isso)! Estou numa fascinação por casamento, vestido de noiva e educação infântil, que é brincadeira! Xô de mim! Eu quero muito um dia casar e ter meus pimpolhinhos, mas não estou em condições financeiras no momento. E ainda nem conquistei minha casa própria! Que aliás só vou conquistar depois de ter meu carro próprio, porque eu sei que posso viver na casa dos meus pais por um longo tempo. Então, por ordem de prioridades pra mim, o carro vem em primeiro lugar. Ah! E claro, algumas viagens (europa e alguns pouquíssimos lugares do Brasil que quero conhecer) também estão antes, na lista de prioridades, da casa.
Vou ver se amanhã faço uma lista de prioridades grandes para minha vida em forma de painel com imagens, pra ser mais colorido e divertido.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Cozinhar... Hum! Que delícia!

"Terapia do fogão master! Mesmo depois desse tempo todo de cozimento de um ingrediente que, talvez, pudesse ser substituido por uma latinha de leite Moça, deu um orgulho. Por ter tido paciência e por experimentar algo novo sem ao menos saber que gosto teria ao final do preparo. Esta semana, graças ao livro de receitas, embarco em experimentações sobre a minha própria pessoa. Em alguns momentos dá até uma tontura de tanto treinar coisas novas. Mas abrir caminhos com as próprias mãos é assim mesmo, não? Mesmo que seja com um livro novo de receitas".

 Assim que me sinto de vez em quando. Principalmente na sexta-feira e no sábado passados. Eu não sabia que gosto teria no final. E substituir ovos por linhaça e leite por água, manteiga por creme vegetal foi um novo aprendizado. Até que me viro bem na cozinha. Já posso casar! Nem me fale em casar. Já estou alguns dias babando quando de repente me deparo com vestidos de noiva e decoração de casamento. Não me pergunte porque acabo encontrando essas coisas. E nas minhas férias de verão que eu ficava toda derretida quando via uma criança na praia. Meu Pai Amado! Que vontade que me dá de casar e ter filhos. Mas "calma, que com calma tudo se resolve e tudo acontece". Já sei que estou preparada emocionalmente e psicologicamente pra isso, mas ainda financeiramente, não. Fora que ainda tenho que ver quem será o homem que passará o resto da minha vida comigo. E isso não é uma tarefa muito fácil. Encontrar Aquela pessoa em que dividirás tudo. Alegrias, tristezas, medos, frustrações, sonhos, realizações, conquistas.
Bom, estou tentando definir alguns sonhos, objetivos e metas para minha vida. E aprendendo a amar e criar laços com as pessoas, mas laços verdadeiro. Apesar que é um tanto quanto complicado. Mas não impossível. E assim, vou trabalhando e melhorando a cada dia. Nem sei direito o que estou escrevendo. Entretanto, a torneirinha abriu e eu apenas comecei a digitar. Deve ter saído nada com nada. Enfim, vou parando por aqui, porque tenho que voltar a meus estudos e planejamentos.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

20 de julho dia do amigo!

Não sei quem escreveu, li no blog da minha amiga Regi, Reino dos Cogumelos, e pensei que seria interessante postar aqui, já que hoje é um dia especial, dia do amigo, uma dica as minhas amigas, mas que também serve para os amigos.

Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...  O mundo é louco, definitivamente louco... O que é gostoso, engorda.  O que é lindo, custa caro.  O sol que ilumina o teu rosto enruga. E o que é realmente bom dessa vida, despenteia:
- Fazer amor, despenteia.
- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr,  entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar à pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível...
Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado... mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida. É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.
Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável,toda arrumada por dentro e por fora. O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença: Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria... e talvez deveria seguir as instruções, mas quando vão me dar a ordem de ser feliz? Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita...  A pessoa mais bonita que posso ser!
O único, o que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.
Por isso, minha recomendação a todas as mulheres:
Entregue-se, Coma coisas gostosas, Beije, Abrace, dance, apaixone-se, relaxe, viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, Corra, Voe, Cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável! Admire a paisagem, aproveite, e acima de tudo, deixa a vida te despentear! O pior que pode acontecer é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo...


Às vezes, nos preocupamos mais com a aparência do que simplesmente viver e deixar as coisas acontecerem mais naturalmente, mesmo que seu cabelo esteja despenteado. Às vezes, deixamos de falar com aquele amigo ou amiga por causa da distancia, do tempo, da correria, por pura preguiça. Mas hoje não tem desculpa! Entre em contato com eles! Procure aquele amigo ou amiga especial hoje, e diga a ele ou ela que estás com saudades e parabenize-o(a), pois hoje é nosso dia! FELIZ DIA DO AMIGO!

terça-feira, 19 de julho de 2011

Resumão da semana

Começo com uma frase: “Se tiver que amar, ame hoje. Se tiver que sorrir, sorria hoje. Se tiver que chorar, chore hoje. Pois o importante é viver hoje. O ontem já foi e o amanhã talvez não venha". Então, cultive seus amigos. Crie laços fortes com eles. Não apenas superficiais, onde em sua primeira queda eles sumirão do seu lado. Porque amigos de verdade te dão a mão. Ok, estou bem chateada. Uma pessoa consegue me tirar do sério por ser irritantemente idiota. Mas enfim, estou cansada de tentar. Já nadei muito contra a maré em vão. Claro, que na história, existem muitos casos de pessoas que tentaram diversas vezes e fracassaram, mas não desistiram. Será que não devo desistir? Oras, que eu saiba só devemos deixar uma pessoa ir quando a mesma morre. Mas essa pessoa ainda vive. Não deveria continuar mantendo contato? Afinal, não somos amigos? Pelo menos, eu penso que sim, apesar de tudo.
Resumindo a semana: a semana foi bem produtiva, terminei dois cursos do Programa Varejo Fácil do SEBRAE (que eu recomendo pra quem está interessado na área! é muito bom!). Quinta-feira foi um dia que saí de manhã cedo e só voltei à noite pra casa. De manhã estágio, à tarde estava na faculdade ajudando com a confecção da decoração do desfile do festival de dança (a qual minha turma ficou responsável este ano), à noite consulta com a psicóloga (sim, eu vou na psicóloga. não que eu ache que sou louca - apesar de concordar com a frase de "médico e louco todo mundo tem um pouco" -, mas porque gosto de buscar entender-me e estou tento ótimos progressos com minha auto-confiança que perdi enquanto desbravava os mistérios da puberdade). Sexta-feira foi um dia bem trabalhoso. No período da manhã estive no estágio, quando saí do estágio fui direto ao supermercado comprar muitos ingredientes para o café com os amigos que preparei para sábado. Passei à tarde e noite fazendo os quitutes. Cookies de chocolate (vegan), biscoitos amanteigados (vegan), bolo de chocolate (vegan) e massa de empadão (vegan). Menos o brigadeiro que não vai ser vegan e nem os salgadinhos e casadinhos que encomendei.
Sim, eu paguei tudo. Meus amigos merecem um descanso do bolso deles e meus pais também, ainda mais quando eu invento de querer aprender a cozinhar coisas diferentes. AMO cozinhar! Queria passar mais tempo apreciando estes momentos, mas a vida é tão corrida, mal sobra tempo para apreciar as coisas simples da vida de forma lenta e agradável como realmente deve ser aproveitado e saboreado cada momento, cada minuto de nossa vida tão preciosa! E sempre me sinto bem cozinhando. Sinto-me dona de mim, ou seja, fico mais confiante na cozinha preparando um belo prato, que talvez nem sempre fica belo, mas pelo menos fica saboroso, mesmo com cara feia (mas, às vezes, a cara feia é puro preconceito das pessoas).
Sábado chegou. E enfim o grande dia esperado. De amanhã enrolei os brigadeiros, arrumei-os bonitinho. À tarde, pintei as unhas e liguei para algumas pessoas que disseram que talvez viriam para ver se realmente vinham ou se não vinham. Só uma disse que vinha. E minha lista ficou confirmado 6 pessoas. No final vieram 8. Muito bom! Um ótimo número, ainda mais que o oito parece com o símbolo do infinito. Além desses 8 amigos, vieram também meus avós, meu primo, meu cunhado, minha irmã e meus pais. Muito bom! Foi uma noite deliciosa junto dos meus.

Biscoitos amanteigados que fiz e ficaram uma delícia.

Os casadinhos e salgadinhos que encomendei.

Os brigadeiros que fiz. Que surpreendentemente ficaram melhores do que normalmente ficam. Mas também não sobraram para contar história.

Os cookies e o bolo de chocolate que a princípio pensei que tinha dado errado, mas que no final me surpreenderam quando comi. Estava divino! Quase não sobrou cookie para contar história também, a sorte que tinha alguns escodidos no pote, que fiz questão de acabá-los na segunda.

Domingo, passei o dia descansando e vendo filme. Oras, eu merecia, além do mais estava em crise emocional, que no final das contas descobri que era TPM. Sempre fico chorona quando estou de TPM. Mas acredito que isso vá acabar quando eu começar a tomar anticoncepcional novamente. No ano passado, estava tomando anticoncepcional e não tive mais problemas com TPM ou enxaqueca menstrual. Uma benção devo dizer. Vamos ver como meu corpo vai reagir a este novo anticoncepcional. Mas já gostei dele por ser de uma marca que me acompanha desde pequenina. Principalmente quando ficava gripada. Falando em gripada, estou ficando assim. Droga! Até que consegui lutar por bastante tempo contra ela, porque ela estava dando sinais há bastante tempo, e eu não queria me deixar abater por ela. Mas enfim, ela me pegou. Só espero que ela vá logo embora.
Bom, já me estendi demais por hoje. Vou indo nessa.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Caricatura by Anderson Georgetti

A caricatura que meu amigo fez de mim. Ficou engraçada!
Claro que ele não é nenhum profissional, mas ele está treinando pra isso.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Resumão do final de semana

Sexta-feira foi a noite das últimas apresentações de TCC do pessoal de design gráfico e produto. Como neste dia, minha amiga Juliana, blog Hiato i, ia apresentar, fui lá prestigiá-la. E como o Rafa tinha aula a noite, aproveitei para unir o útil ao agradável. Antes das bancas começarem, encontrei uma outra amiga minha. Conversamos um pouquinho pra por o papo em dia e ver se ela vai poder ir no café no próximo sábado.
Sábado foi uma mini-loucura. À tarde, passei na farmácia para comprar uns remédios, depois fui nO Sebo no evento Linha, café e livros (onde acabei comprando dois livros). Depois fui ao shopping Mueller para dar uma olhada no evento Dia de Beleza Mueller, informando-me sobre depilação a laeser e fazendo exames de glicose (o meu estava um pouquinho a baixo da média) e de massa corporal, gordura, etc. Bom, o meu resultado diz que tenho que criar mais massa muscular e adquirir mais gordura, porque está tudo abaixo da média. É eu sei, andei emagrecendo do ano passado pra cá. Estou constantemente de olho na balança pra ver se não emagreço mais, se isso ocorrer vou ter que buscar ajuda médica. Pelo menos não é por falta de comida, porque ando comendo demais ultimamente. Também posei para um amigo meu fazer uma caricatura minha. Depois fui pra casa. Mais tarde o pessoal chegou na minha casa pra gente ver filme (o filme se chamava Desconhecido, bem emocionante e dá para levantar bastante especulações sobre os personagens) e comer pipoca. Também teve quentão. Neste dia frio foi bom pra quem gosta.
Domingo foi a primeira vez que o Rafa almoçou na casa dos meus avós. E ele acabou conhecendo a minha bisavó que estava por aí de passagem. À tarde, fomos na casa da Paula jogar X-box e comer pizza no dia mundial da pizza! Madonna Mia!
Foi um final de semana bem aproveitado!

Frase para este final de semana que passou: "É duro ver a pessoa deixar sua vida, mas o pior é a sensação de que ela está fazendo simplesmente porque não precisa mais de você" (Gabito Nunes). É assim que me sinto quando um amigo some, deletando-me (literalmente) da vida dele. Mas fazer o que? Cada um com suas escolhas. Só me resta respeitar a escolha desse amigo.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

E a vida segue seu curso

"Não escolha a pessoa mais bonita do mundo. Escolha a pessoa que faz o seu mundo, o mais bonito." (autor desconhecido)

Tudo bem, estou apaixonada e morrendo de saudades do meu fofinho, vamos só nos ver na sexta. E ao mesmo tempo estou bem preocupada com meu TCC que até terça-feira estava bem desanimada, mas ontem a professora (que é a orientadora geral) me animou bastante! Ela sempre consegue me animar. Impressionante!
Falando em coisas impressionantes... Estou chateada com uma pessoa, talvez até mesmo decepcionada. Pensei que ela fosse uma pessoa madura, pelo menos sempre me mostrou ser até um tempo atrás. Não escrevi isso aqui ainda, penso eu, mas já faz um tempo que esta pessoa tem se mostrado de uma maneira diferente da que eu a via. Bom, talvez eu não a conhecia tão bem quanto supunha. É, prefiro pensar que não a conhecia e que como somos completamente diferentes é melhor não existir mais nenhum laço entre nós. Já que ela quer assim, vou apenas respeita-la. E seguir meu rumo.
Aliás, eu tenho que dar um rumo a minha vida. Meu estágio está acabando e preciso definir algumas coisas para meu futuro. Tenho que primeiro confiar mais em mim mesma. Eu tenho capacidade e força de vontade, só preciso deixar de ser tão medrosa e pensar que os outros são melhores do que eu, porque ninguém é melhor do que alguém.
Ontem tive uma conversa super bacana com meu amado. Acabei dormindo tarde por isso. Mas foi tão bom! Fazia tempos que eu não dormia tão bem assim e acordei com disposição hoje, sendo que estava com pensamentos desanimadores por ter que caminhar 15 minutos até o ponto de ônibus neste dia frio e gelado (mas com sol). O que eu estou falando? Tem gente em situação pior! Deveria agradecer por ser apenas 15 minutos. Tem gente que anda bem mais, às vezes, num frio pior do que este que está fazendo ou, às vezes, num calor de rachar (como no deserto, por exemplo).
Bom, hoje meu dia vai ser ótimo! Pensamento positivo para uma manhã maravilhosa! Fora que está chegando o final de semana e este promete ser um ótimo final de semana ao lado de quem realmente me dá valor e gosta de mim pelo que eu sou e me ama como sou (amigos e namorado!).
E a vida segue seu curso... Vamos, que vamos, pessoal!

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Final de semana

Este final de semana foi muito bom. Começou na sexta-feira, quando depois da aula o Rafa foi lá em casa e assistimos Enrolados, juntinhos em baixo do edredom comendo pipoca. Com esse frio vai muuuuito bem!
No sábado, fomos ver uma peça de teatro, Delírios Eróticos de Anais Nin (Cia Alma Livre/Jaraguá do Sul/SC), no SESC. Sinopse do espetáculo: "Delírios Eróticos de Anais Nin traz à cena a biografia de Anais Nin, uma escritora francesa e propõe um olhar para o erotismo e sua poesia, transportando a platéia para um ambiente intimista e sensual. 'A carne contra a carne produz perfume, mas ocontato com as palavras apenas engendra sofrimento e divisão'.". Foi muito legal! Deu-me vontade de ler o livro de Anais Nin, a vida dessa escritora erótica foi muito interessante, e alguns dos seus textos foram lidos durante a peça. Agora quero ver como vou conseguir o livro dela para ler. Vou ver se tem na biblioteca da universidade. Só espero ter um tempinho para lê-lo durante o este mês de julho, que parece-me que será turbulento. Cheio de eventos. Festival de dança está chegando! Já vi as noites que quero ir e minha turma está trabalhando na organização do desfile da feira da sapatilha. E tenho que terminar meu curso Varejo Fácil do SEBRAE e arrumar meu TCC e fazer a 3ª fase. Então, mãos a obra!
Depois da peça, fomos pra minha casa, onde foi realizada a festinha de aniversário da minha amiga Gabriela. Foi bem divertido! Cantamos parabéns, comemos, jogamos UNO e tiramos fotos. Falando em fotos tenho que passá-las para o computador pra enviar pro pessoal.
Domingo foi um dia beeeem divertido. Depois do almoço fui pra casa do Rafa, conhecê-la. Primeira vez que fui lá. Foi muito engraçado, porque ele foi me apresentando cada cômodo da casa e o cachorrinho dele também, que por sinal esqueci-me do nome dele. Meeeeu! Mas ele é muito pequeno. É da raça yorkshire. Já havia visto cachorros dessa raça um pouco maiores, mas ele é um tisco de cachorro. Muito engraçadinho! Depois, quando os amigos do Rafa chegaram começou a sessão de RPG. Foi muito divertido ficar assistindo eles jogando. O Rafa narrando e fazendo alguns outros personagens é muito engraçado e eu gostei dos amigos dele são divertidos. E eu gostei da história. Pena que tive que ir embora antes deles encerrarem por ontem. Também, ficaram umas cinco horas jogando. Só paramos para tomar um café (hum! e que café!).
Estou gostando desse namoro. Estamos conhecendo um ao outro, fazendo atividades que um gosta ou que o outro gosta. Quero ver se diminuo minha empolgação de querer fazer tudo o que me aparece na frente e equilibro esta relação. É isso que sempre quis. Uma relação equilibrada onde ambos dão e ambos recebem. Às vezes, ficamos na casa dele. E, às vezes, ficamos na minha. Às vezes, fazemos coisas que eu gosto. E, às vezes, fazemos coisas que ele gosta. Às vezes ,saímos com meus amigos. E, às vezes, com os amigos dele. E, às vezes, com ambos, porque temos amigos em comum. Isso sim que considero um relacionamento. Fora que o Rafa deixa eu ser quem eu sou, não fica tentando me mudar, nem nada do tipo. É tããão booom! Estamos aprendendo e crescendo juntos.
Tudo bem. Este blog está ficando cada vez mais cor de rosa. Mas hoje descobri estar mais apaixonada do que acreditava estar. Estou sorrindo e rindo à toa que nem uma boba alegre. Isso é... FUN! E bonitinho também.
Isto que eu chamo de um ótimo início de semana! E desejo o mesmo à vocês!

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Boa pergunta - Gabito Nunes

Boa pergunta

- Tô começando a pensar que não vou encontrar meu amor.
- Vai sim. Claro que vai.
- Como você sabe?
- Só sei.
- Às vezes parece que esqueceram da gente.
- Quem?
- Sei lá. Quem organiza os pares desse troço de amor.
- Não diga isso. Estamos apenas no início da nossa vida ainda.
- Cara, já estamos quase com trinta!
- Quase não é trinta. E fala por você, eu vou encontrar o meu. Se eu morrer com 85 anos, por exemplo, ainda me restam uns 40 anos pra encontrar ela e viver feliz por uns 10 anos. Já terá valido a pena. A gente tem mania de querer tudo pra ontem. Primeiro andar, buscar um caminho, depois achar alguém.
- Pois é, mas como isso vai acontecer? Quando?
- Não importa o dia ou como vai acontecer, se será no meio da rua, se algum amigo vai nos apresentar, ou talvez num museu. Eu só sei que um dia estaremos viajando até a praia em um feriadão qualquer. Eu com minha namorada e você com o seu namorado.
- Meu coração já está criando rugas de tanto procurar.
- Amor a gente não procura. É assim: você deixa a porta meio aberta, se distrai plantando girassóis e ele entra. Ele adora contrariar.
- Hum… Sei não. Qual seu primeiro encontro ideal?
- Uma trombada sem querer numa esquina do acaso, onde tenha um café. E a sua?
- Sei lá. Eu acho que um cara sensacional, lindo e inteligente vai me olhar, me dar um sorriso e eu vou me apaixonar de primeira, sabe? Tipo à primeira vista. Vamos conversar e teremos tudo a ver. O gosto por Marvin Gaye, a vontade ter filhos, o jeito tranquilo de ver a vida.
- E existe alguém capaz de ser isto que você quer?
- Não sei. Boa pergunta.

Gabito Nunes

Adoro este escritor. Queria um livro dele, mas por enquanto não dá. Um dia ei de ter. Mas enquanto isso não ocorre, vou continuar a lendo em seu blog.