quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Revelo-me no escuro

Eu gosto da escuridão. Nela estão escondidos os mistérios. Através dela podemos encontrar a luz. A partir dela podemos filosofar. Fazer arte e trocar confidências. Esquecer as coisas ruins. Deixar as lágrimas caírem. Sonhar em paz. Gozar do silêncio. Planejar o futuro. Salpicar a vida, dando-a mais sabor. Soltando asas à imaginação. Criando espaços no vazio. No escuro mostro-me na essência de quem sou. Fico nua. Sem as máscaras da sociedade. Sem os códigos da coletividade. Sem o medo do que os outros vão pensar.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Três minicontos

Encontrei uns minicontos que havia escrito certa vez:

Por um fio de cabelo
A vida é tão forte e tão delicada, onde num minuto estás bem e no seguinte estás deitado pálido e imóvel defunto.

Sem título
Nessas horas a matéria vence a alma e tudo se transforma em puro êxtase de emoções.

Uma borboleta
Uma borboleta voa, cortando graciosamente o ar em busca de seu objetivo, uma flor.

domingo, 17 de janeiro de 2010

Sonho para 2010

Tive um desejo inexplicável e muito revelador hoje. Tive vontade de criar um estúdio em casa. Só espero que eu possa ter o apoio de amigos, porque não sei se conseguirei sozinha. Precisarei de um(a) amigo(a) com habilidade com a máquina fotográfica, outro(a) com um toque especial para dirigir, outro(a) para maquiar e também para me ajudar a me transformar por fora, porque por dentro já estou fazendo grandes progressos para ser uma pessoa melhor a cada dia.
Quero mudar minha vida este ano. Quero ser quem sempre sonhei em ser, ou seja, a personagem que estou escrevendo atualmente. Alguém com medo, mas que o enfrenta de frente e com coragem, porque "coragem não é a ausência de medo, e sim o julgamento de que há algo mais importante do que o medo". Quero lutar pelos meus sonhos e objetivos, por mais mirabulosos que sejam.

sábado, 16 de janeiro de 2010

Sentindo-se em paz

Uma noite. Fazia tempo que não se conectava no messenger. Entrou. Poucos amigos online. Mas uma amiga em especial a fez ter vontade de papear. Disse oi e perguntou se estava tudo bem. A resposta não foi muito boa. Sua amiga estava deprimida, faz um tempo. Um cara deixou-a assim. Ficou chateada pela amiga. Fazia tempos que eles haviam terminado e ela ainda estava triste com isso. Primeiro ficou com raiva, porque nem sabia que ela estava namorando ou que havia terminado. Mas respirou fundo e tentou ajudar a amiga. Mesmo que via internet. É difícil fazer alguém entender suas palavras escritas, porque cada um interpreta da maneira que melhor lhe convier. Mas não desistiu. Ficou conversando com ela por horas e outros dias seguidos. Sentiu-se melhor por estar ajudando uma amiga entre o natal e o ano novo, porque (a) natal representa uma data de solidariedade, de se doar e (b) o ano novo é uma data onde refletimos sobre o que fizemos e o que queremos fazer e ser. Gostou de poder ajudar uma amiga. Sempre quisera fazer isso, mas nunca teve a oportunidade. Sentiu-se em paz, como se tivesse realizado um sonho.

Carina F. da Rosa

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Análise das metas de 2009


Final de ano e início de ano novo sempre há aquelas análises das metas cumpridas ou não, e da preparação de novas metas. Eu não sou diferente dos outros, então lá vai. Primeiramente análise das metas para 2009.

Metas para 2009:
1) Terminar de escrever “O Retorno da Rainha”; (Não terminei, aliás até mudei o início do livro!)
2) Fazer o curso “Laboratório de autoria” no SESC; (Não fiz, por causa dos ensaios do teatro que não poderia faltar, porque estávamos perto da estréia e tinha muita coisa ainda para arrumar)
3) Criar e produzir bolsas e outros acessórios para vender em meu site oficial; (Vix! Não consegui fazer nenhuma bolsa ou acessório e ainda por cima meu site oficial tive que deletar, porque o geocities não existe mais, mas está salvo em bloco de notas o meu site, em códigos html. Não estou achando nenhum site para colocá-lo no ar de novo que seja de graça, hoje quase tudo se paga na internet, que merda! E quem não tem dinheiro como é que faz? Não faz, né?)
4) Arrumar e atualizar todo mês meu site oficial;
(Agora nem pensar! Está fora do ar! Mas mesmo assim não consegui cumprir enquanto estava no ar)
5) Assistir mais peças de teatro; (Este eu consegui cumprir, pena que perdi meu caderno, onde anotava tudo, como um diário de teatro, é por isso que meu blog teatropia está um pouco abandonado, mas como vamos nos mudar, talvez o encontre! Assim seja!)
6) Participar de oficinas gratuitas da AJOTE; (Participei de uma ou outra oficina)
7) Criar muitas e muitas coisas; (Até criei, mas a maioria ficaram no pensamento ou até cheguei a anotar a idéia)
8) Ler os livros Sushi (Li), Crepúsculo (Li), Lua Nova (Li), Eclipse (Li), Aprendendo a ser TopModel (Não li), O Aprendizado de Pequena Árvore (Li), O Mundo de Sophia (Não li), Um Passe de Mágica (Não li), Dom Quixote (Não li), Laços Humanos – A marcha do tempo 2 (Não li), O Nome da Rosa (Não li), O diário roubado (Li), A coragem de criar (Não li), etc.

Metas para 2010:
1) Estágio na área de design de moda;
2) Modelar e costurar bolsas e acessórios;
3) Ler mais livros do que 2009, ou seja, mais de 20 livros;
4) Manter as coisas organizadas, desde minha agenda acadêmica (no sentido de sempre realizar os trabalhos com antecedência) ao meu quarto (para mantê-lo arrumado);
5) Continuar as aulas de YOGA que iniciei no final de 2009;
6) Fazer terapia;
7) Escrever “Um Reino Chamado Christal”
8) Continuar atuando e participando da Companhia de Teatro da Univille.

Bom, no final do ano veremos o que foi realizado, espero que grande parte dessas metas para este ano fiquem verdes por eu ter conquistado.